sexta, 17 de novembro de 2017 - 10:37:48 PM
sexta, 17 de novembro de 2017 - 10:37:48 PM
Lucio Jaques
Novembro Azul
Sicoob Cartão
PUBLICADA EM 30 de agosto de 2017 - 7:29 PM

Buligon, o predestinado…

Reana Seguros

O prefeito de Chapecó Luciano Buligon está na Itália, desde segunda-feira, com uma comitiva da Chapecoense para acompanhar na capital italiana o amistoso contra a Roma na próxima sexta-feira, às 15h45 (horário de Brasília), no estádio Olímpico. Mas o ponto alto da viagem não é o jogo, nem os encontros comerciais que o prefeito agendou. Mas, sim, o encontro e a bênção do Papa Francisco, na praça do Vaticano. Um momento único e abençoado. Convenhamos, Buligon (Grandão para os amigos), merecia viver este momento tão especial e abençoado, por tudo o que passou em sua vida frente ao cargo que exerce. Isto não foi à toa, não tenho dúvidas que o “Grandão” é um predestinado nesta vida e tem uma missão para cumprir aqui na terra. Nada acontece por caso. Palavras do Papa: “Faça a sua parte, segue o seu coração que Deus orientará”!

Foto: Marcelo Lula

Situação do HRO é insustentável

A maioria dos hospitais do estado está em dificuldade para manter seus atendimentos, pagar a folha e até mesmo seus compromissos com fornecedores. O senador Paulo Bauer (PSDB), ao saber da situação do Hospital Regional de Chapecó, após uma reunião com o vereador João Marques Rosa (PSB), solicitou uma solução junto ao Ministério da Saúde. Ligou para o ministro Ricardo Barros, exigindo a presença dele na capital do Oeste. Bauer chegou a dizer que a situação do HRO é insustentável e que é preciso resolver rapidamente, pois quem sofre é a população. O ministro garantiu que vira a Chapecó, mas não confirmou a data.

Uma missão

O presidente estadual do PSD, Gelson Merisio, está realizando uma maratona pelas regiões do estado, se reunindo com prefeitos, vices e vereadores para mostrar o seu projeto político e ouvir as bases. “O objetivo é mostrar a construção de uma missão. Nunca uma eleição esteve tão clara no seu encaminhamento, como esta, no que diz respeito à eleição estadual. Estamos juntos – PSD, PSB, PP, PROS, Solidariedade, PV, PDT, PRB”, afirma Merisio.

Caminho tortuoso

Conforme o deputado Gelson Merisio (PSD), o Estado de Santa Catarina, em 2020, terá 64% dos seus servidores aposentados. Neste mesmo período, crescerá a necessidade de saúde e segurança pública. “Como é que se repõe o número de policiais, aumenta número de médicos e enfermeiros, e aposenta 64%? É uma imposição, não é uma opção. Só o déficit previdenciário do Estado é de R$ 3 bilhões, em 2017, e em 2020 será de R$ 5 bilhões. Da onde se tira R$ 2 bilhões a mais em dois anos? Nosso caminho será tortuoso. Temos que falar nisso”, disse.

Viagens do governador

Um grupo do PSD do Oeste lutou junto ao governo do estado para manter a atual empresa fornecedora da aeronave que transporta o governador Raimundo Colombo pelo Estado e até em voos dentro do país, mas não teve êxito. Uma decisão do centro administrativo convocou a segunda colocada, a Helisul, que assumiu o transporte do governador Raimundo Colombo em suas viagens. Nesta queda de braço, o Oeste perdeu, afinal a empresa era de Xanxerê e os investimentos ficavam no município e região.

Homenagem a Zonta

Sem dúvidas foi uma justa homenagem da Assembleia Legislativa ao ex-deputado Odacir Zonta, que receberá o título de Cidadão Catarinense, proposição de autoria do deputado Natalinbo Lázare (PR). O ex-deputado Zonta teve um papel preponderante junto às agroindústrias e aos agricultores defendendo sempre estas categorias do Oeste. Sem falar em carreira brilhante, séria e honesta frente ao Legislativo.

PT busca aproximação com PSB

A presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, está trabalhando para abrir um diálogo com lideranças do PSB. Na realidade, é uma tentativa de reaproximação das legendas que caminharam, lado a lado, durante décadas e nos últimos anos se distanciaram. Gleisi e o presidente nacional do PSB vão se encontrar nas próximas semanas para conversar. “O PSB está passando por mudanças. Tenho conversado com os senadores (João Alberto) Capiberibe e Lídice (da Mata) e solicitei uma reunião com o presidente do PSB”, completou a presidente petista.

Divergências no PSB

O descontentamento dentro do PSB, já é notório, devido a sua conduta no congresso nacional e votações que tem participado, isto não tem agradado os líderes nacionais.  Um grupo faz parte da base de apoio do presidente Michel Temer, outro é oposição. Realmente, o clima não é dos melhores com a cúpula que hoje comanda o partido. Existem conversas que algumas lideranças do PSB discutem mudar para a sigla do DEM, inclusive aqui no estado.

 

Higieniza produtos

Parceiros

Barbieri
Tatu parceiros
Celso Mattiolo
Nathan Moreira
Biasus Parceiros
Tiecher Banner
Piccoli Parceiros

Publicidade

Auto Posto Xxe
Inviolavel
Callfass Transportes
Cristal ótica
Center Hotel