sexta, 17 de novembro de 2017 - 10:47:31 PM
sexta, 17 de novembro de 2017 - 10:47:31 PM
Lucio Jaques
Novembro Azul
Sicoob Cartão
PUBLICADA EM 03 de novembro de 2017 - 7:31 PM

Investigação do presidente Temer

Reana Seguros

Um dia depois do PMDB de SC decidir não ir à Convenção Nacional, a cúpula resolveu cancelar o evento em Brasília, que iria discutir a mudança de nome da sigla. Mas de nada adianta voltar a ser MDB se o comando não for renovado. “Precisamos de pessoas sérias e comprometidas com um novo rumo para o Brasil. Meu voto pela investigação de Temer foi nessa direção. É preciso ter responsabilidade com o País”, afirmou o presidente estadual do PMDB, deputado federal Mauro Mariani.

Inteligência para polícia

O pré-candidato ao governo do estado pelo PSD, deputado Gelson Merisio tem realizado um roteiro por todas as regiões do estado, levando na bagagem alguns de seus projetos políticos, como enxugamento da máquina pública, saúde de qualidade e principalmente a segurança. Em recente entrevista, Merisio afirmou: “Trazer inteligência para o policiamento tem que ser uma obrigação nossa”, afirmou o deputado.

Visão de futuro

O pré-candidato ao governo Gelson Merisio (PSD) tem enfocado a segurança pública como prioridade, com uma visão de vanguarda e de ponta, coisa que poucos políticos têm levado a sério como o deputado. Investir em tecnologia e inteligência é a saída para prevenção e diminuição da violência junto à sociedade. Isto é indiscutível.

Reconhecer os erros

“Não quero falar sobre o PSDB. Todos os partidos estão desgastados. É preciso reconhecer os erros e corrigir”. Palavras do ex-Fernando Henrique Cardoso, em recente entrevista. Muito mais do que isto, o PSDB vai enfrentar um desgaste muito grande nestas eleições, devido a seus principais caciques estarem envolvidos na Lava Jato. Os tucanos devem investir tudo no governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, mas mesmo assim ele terá uma missão quase que impossível pela frente para buscar sua eleição.

 A vez do novo

Com o comprometimento dos partidos e de lideranças que sempre foram baluartes da política brasileira, nesta eleição de 2018, o “novo” virá com muita força frente ao eleitorado, que está cansado da velha e dos velhos políticos, que nas últimas décadas só trabalharam em detrimento pessoal ou pelo poder.

Eleitor aprendeu a lição ???

Não vamos nos enganar que com a aprovação do milionário Fundo Partidário, muitos deputados e senadores serão reeleitos. Resta saber se o eleitor aprendeu a lição diante da crise que está nosso país, criada por nossos governantes. O eleitor pare de vender seu voto por trocados. Só assim realmente iremos mudar a velha política e os velhos políticos.

 Mordomia de Temer

O presidente Michel Temer (PMDB) decidiu que viagens internacionais que demandarem mais de duas escalas serão feitas num Boeing 767, de maior autonomia, alugado por três anos pela Força Aérea Brasileira, em julho de 2016. Custo: US$ 19,8 milhões (cerca de R$71 milhões), em quatro parcelas. Os gastos para encher o tanque do 767-300ER, que comporta 92 mil litros de querosene de aviação, variam entre R$ 600 mil e R$ 1 milhão. Aí o presidente  Temer vem falar que o governo está com déficit, mas gasta aproximadamente um milhão para fazer uma viagem. Fala sério.

Feriadão dos deputados

A menos de 45 dias do recesso de fim de ano, quando para por quase 60 dias, a Câmara dos Deputados marcou sessões entre os dias 6 e 10, todos os dias da próxima semana. Mas não é choque de gestão, é pura embromação: as sessões servirão para “adiantar” o trabalho e possibilitar dez dias de folga, uma vez que o feriado do dia 15 cai na quarta-feira. Na prática, a Câmara vai parar entre 11 e 21 de novembro. No Senado a perspectiva do feriadão é a mesma da Câmara, mas ainda não publicou oficialmente a agenda da semana da provável folga.

Higieniza produtos

Parceiros

Tatu parceiros
Piccoli Parceiros
Tiecher Banner
Biasus Parceiros
Nathan Moreira
Celso Mattiolo
Barbieri

Publicidade

Auto Posto Xxe
Inviolavel
Callfass Transportes
Cristal ótica
Center Hotel