segunda, 23 de outubro de 2017 - 04:40:30 PM
segunda, 23 de outubro de 2017 - 04:40:30 PM
Lucio Jaques
Reana Seguros
PUBLICADA EM 10 de outubro de 2017 - 1:00 PM

Vereador sugere que carros da administração de Xanxerê utilizem gás veicular

Câmara sessões outubro

Xanxerê não possui hoje nenhum posto de combustível que comercialize gás veicular. O vereador Wilson Martins dos Santos (PSDB), sugeriu à administração municipal estudo de viabilidade para modificar os veículos de sua frota utilizando este tipo de combustível, por meio do programa Badesc GNV Gás. O vereador apresentou a indicação, na sessão desta segunda-feira (9), e explicou de que forma o município pode trabalhar para economizar cerca de 60% com combustíveis.

“A falta de postos de combustíveis, no município, que comercialize o gás veicular não é empecilho. A administração pode adquirir este gás de postos de outros municípios e armazená-lo em tanques, assim como faz com a gasolina e o óleo. O que importa nesta questão é a economia gerada, que possibilitará à administração investimento em outros setores. Esta economia chegou aos 60% para alguns municípios que aderiram esta proposta. São números muitos expressivos e que podem significar mais investimento para o município em saúde, educação e melhorias de estradas”, declarou.

A Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina e Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS), em março deste ano, firmaram acordo de cooperação técnica para criação de uma linha de crédito para as prefeituras adaptarem a frota de veículos leves para o uso do Gás Natural Veicular (GNV). O Programa “Badesc GNV Municípios” destinou R$ 4 milhões para as prefeituras, sendo que cada município poderá solicitar o valor mínimo de R$ 30 mil e o máximo de R$ 100 mil para as adaptações de suas frotas.

Outro fator que foi preponderante para que o vereador apresentasse a indicação, é o fato de que o GNV é impossível de ser retirado do cilindro, evitando com isso os desvios e possibilitando, com isso, um controle maior do consumo. “Além disso, os veículos adaptados ao consumo do gás emitem menos da metade de monóxido de carbono, gás carbônico e outros poluentes, se comparados ao consumo dos combustíveis líquidos. É uma melhora significativa na qualidade de vida da nossa população”, finalizou o vereador Wilson Martins dos Santos.

A indicação foi aprovada por unanimidade dos vereadores e agora será encaminhada à Administração Municipal, para que estude a proposta.

Dado de Oliveira

Higieniza produtos

Parceiros

Celso Mattiolo
Tatu parceiros
Tiecher Banner
Barbieri
Piccoli Parceiros
Biasus Parceiros
Nathan Moreira

Publicidade

Auto Posto Xxe
Empresário do ano 2017
Callfass Transportes
Cristal ótica
Center Hotel