terça, 16 de julho de 2019 - 01:05:59 AM
terça, 16 de julho de 2019 - 01:05:59 AM
Lucio Jaques
Alesc julho
Andrioli Projetos
PUBLICADA EM 14 de março de 2019 - 9:34 AM

Aprovada multa para empresas por discriminação salarial de mulheres

Reana Seguros

O Plenário do Senado aprovou em regime de urgência nesta quarta-feira (13) o projeto de lei que endurece a cobrança sobre empregadores que praticam discriminação salarial entre homens e mulheres (PLS 88/2015). A proposta faz parte da pauta prioritária da bancada feminina e segue para a análise da Câmara dos Deputados. O texto endossa o que estabelece a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) quando assegura salário igual para homens e mulheres na mesma função e na mesma atividade.

De acordo com o projeto, de autoria do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), cada caso precisará ser apurado em ação judicial e, se constatada a ilegalidade, a empresa será punida com o pagamento de multa em favor da funcionária prejudicada. O valor deverá corresponder ao dobro da diferença salarial verificada mês a mês.

Desarquivamento

Foi aprovado ainda o desarquivamento do Projeto de Lei da Câmara (PLC 130/2011), também relatado por Paim. O texto também estabelece multa para combater a diferença de remuneração verificada entre homens e mulheres no Brasil. A matéria já foi aprovada na Câmara e volta para a análise da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado.

Cartão Sipag

Parceiros

Tiecher Banner
Piccoli Parceiros
Tatu parceiros
Wilson Martins

Publicidade

Inviolavel
Fit Fish
Momento FM