segunda, 25 de maio de 2020 - 04:00:33 PM
segunda, 25 de maio de 2020 - 04:00:34 PM
Lucio Jaques
Reana Seguros
PUBLICADA EM 01 de abril de 2020 - 10:51 PM

Bolsonaro pede desculpas por divulgar vídeo falso nas redes sociais

 

 

Em entrevista ao programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu desculpas por ter divulgado um vídeo falso que denunciava um suposto desabastecimento na Ceasa (Central de Abastecimento) de Contagem (Minas Gerais) devido às políticas de isolamento social em função da pandemia do novo coronavírus. O apresentador José Luiz Datena questionou o presidente sobre o motivo de o vídeo ter sido apagado horas após a postagem, e perguntou se a informação era falsa.

Quero me desculpar. Não houve a devida checagem do evento, pelo que parece aquela central de abastecimento estava em manutenção. Quero me desculpar publicamente, foi retirado o vídeo rapidamente. Queria aproveitar a oportunidade de me desculpar sobre isso aí. Agora, tivemos contato com o Ceasa, o Ceagesp, em São Paulo, e tem caído realmente o fluxo de entrada de alimentos.” Ainda na tarde de hoje, a ministra Tereza Cristina, da Agricultura, afirmou que o governo não tem “nenhuma notícia de que esteja faltando qualquer tipo de alimento” no país, e que o abastecimento está “razoavelmente tranquilo” em meio à pandemia da covid-19.

“Esse vídeo foi feito ontem à tarde, quando a Ceasa de Belo Horizonte estava tendo sua higienização”, explicou a ministra durante coletiva de imprensa. Na legenda da publicação, Bolsonaro escreveu que o vídeo trazia “fatos e realidades que devem ser mostradas”. A reportagem do UOL foi até a Ceasa em questão, na Grande Belo Horizonte, e observou movimento normal, com os corredores da central com caixas com diversos tipos de alimento e produtores trabalhando. VOL.

Cartão Sipag

Parceiros

Piccoli Parceiros
Tatu parceiros
Tiecher Banner

Publicidade

Vicini
Inviolavel
Momento FM