domingo, 21 de abril de 2019 - 01:12:53 PM
domingo, 21 de abril de 2019 - 01:12:53 PM
Lucio Jaques
Andrioli Projetos
PUBLICADA EM 14 de dezembro de 2018 - 5:22 PM

Callfass participa de curso com agentes federais dos EUA

Reana Seguros

Buscando aprimoramento e especialização, o delegado regional Fernando Callffass participou do primeiro curso de Gerenciamento e Controle de Fronteiras, organizado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, promovido pela secretaria da Segurança Pública do Rio Grande do Sul. O curso foi ministrado por seis Instrutores Agentes Federais Especiais dos EUA. “Sempre temos algo a aprender”, disse Callfass. Sem dúvidas, ganha o estado de SC e a região da Amai.

Nomes de peso

O governador Carlos Moisés praticamente fechou o quadro de colaboradores do seu governo. Mas o que se nota é que faltam nomes de peso da política e até mesmo empresarial, para dar uma maior sustentabilidade e bom trânsito ao seu governo. A maioria dos secretários são técnicos, uma promessa de campanha. Com o tempo, o  governador pode ir adequando o secretariado, mas demonstra que Moisés  ainda não percebeu o quanto o viés político em um governo é importante.

Articulador

O governador Moisés já foi alertado sobre o rombo nas finanças estaduais, que pode chegar a R$ 3 bilhões em 2019. Para evitar, inclusive, atrasos na folha de pagamento, medidas duras terão que ser tomadas. E quem vai liderar esse processo, tomando a frente para evitar que todo o desgaste recaia sobre o governador? Nesta hora entra o articulador político que vai lidar com a Alesc, justiça, sindicatos, entre outros.

 Homenagem a LHS

Foi aprovada uma proposição do Senador Paulo Bauer (PSDB), por unanimidade, que denomina “Sala Senador Luiz Henrique da Silveira” o tradicional local onde parlamentares, visitantes e jornalistas se reúnem durante as sessões do Senado. Uma homenagem justa ao ex-governador de Santa Catarina.

TSE mantém Guidi

Uma liminar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recoloca Ricardo Guidi na lista dos deputados federais eleitos. Até o julgamento final da Ação, Ricardo Guidi é quem fica na lista dos eleitos. Ele será inclusive diplomado no dia 18 de dezembro. O ministro Admar Gonzag Neto, do Tribunal Superior Eleitoral atendeu ao pedido de Liminar do Ministério Público Eleitoral de Santa Catarina determinando efeito suspensivo e suspensão do Acórdão do TRE que deferiu a candidatura a deputada federal de Ivana Laís, do PT. Isso gerou uma reviravolta, porque com os votos de Ivana computados, Ana Paula Lima (PT), assumiria a vaga no lugar de Guidi.

Pedra no sapato

Sem dúvidas o caso do assessor do deputado estadual e senador eleito pelo RJ, Flávio Bolsonaro (PSL), e que movimentou R$ 1,2 milhão em um ano, continua rendendo. E segue sem explicações. Bolsonaro pai já assume com essa pedra no sapato. Sobretudo porque se elegeu com a marca do combate à corrupção e às velhas práticas nefastas da política.

PR quer espaço

Orientados por Valdemar da Costa Neto, proprietário do partido, deputados do PR resolveram cobrar a fatura do apoio já declarado ao governo Jair Bolsonaro. Eles querem “espaço”. Será que alguém de SC vai ter espaço?

Lula fez coisas boas

O ex-juiz e futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, disse lamentar o fato de ter sido o autor da sentença que condenou o ex-presidente Lula. “Da minha parte nada tenho contra o ex-presidente. Acho até lamentável que eu, infelizmente, tenha sido o autor da decisão que condenou uma figura pública que tem a sua popularidade e que fez até coisas boas durante sua gestão, mas também erradas”, afirmou.

Cartão Sipag

Parceiros

Tiecher Banner
Wilson Martins
Piccoli Parceiros
Tatu parceiros

Publicidade

Inviolavel
Fit Fish
Momento FM