quarta, 26 de junho de 2019 - 01:56:26 PM
quarta, 26 de junho de 2019 - 01:56:26 PM
Lucio Jaques
Andrioli Projetos
PUBLICADA EM 26 de julho de 2018 - 4:42 PM

Convenção estadual do PSDB em Joinville neste domingo

Reana Seguros

O PSDB aposta tudo na sua convenção no próximo domingo (29), em Joinville. Os tucanos homologaram a candidatura ao governo de Paulo Bauer no maior colégio eleitoral, que busca valorizar o norte do estado. Conforme Bauer, o PSDB pretende sair da convenção no domingo com a ata fechada. “Não há porque retardar a decisão. Se preciso, vamos de chapa pura”, reafirmou o pré-candidato do PSDB. Tudo indica que o PSDB vai disputar o governo com chapa pura, tendo Bauer na cabeça e a deputada federal Geovania de Sá de vice. Vale lembrar que o PSDB já administrou a cidade por duas vezes.

Cobertura

Recebi o convite da assessoria do PSDB estadual para participar da convenção tucana, em Joinville, no próximo domingo (25). Um avião foi fretado para levar a imprensa para fazer a cobertura. Estarei presente fazendo ao vivo toda a cobertura e trazendo aos clientes, amigos e seguidores do jornal O Diário e site Alô Noticias todas as informações deste grande evento tucano.

Mariani recebe apoio

O pré-candidato ao governo pelo MDB, deputado Mauro Mariani, ganhou um reforço forte em sua campanha ao governo. A ex-primeira dama e viúva do ex-governador Luiz Henrique da Silveira, Ivete Appel da Silveira, declarou apoio total ao projeto do MDB e garantiu que vai cair na campanha para eleger Mariani governador. “O Estado precisa de uma guinada na gestão pública, assim como o LHS fez um dia. O apoio da Ivete neste projeto representa a continuidade do trabalho de nosso saudoso governador”, afirmou Mariani.

Convenção do PP

No próximo sábado (28), a convenção do PP define se o deputado federal Esperidião Amin será mesmo candidato a governador pela quinta vez.  Enquanto isto, muitas conversas de bastidores estão acontecendo entre PP e PSD, para manter o apoio à candidatura de Gelson Merisio. Uma coisa é certa, se o ex-governador Amin chegar pré-candidato à convenção sairá aclamado.

Vice do PT

O pré-candidato petista ao governo do Estado, deputado Décio Lima, está realizando uma verdadeira caravana pelas regiões do estado. Lima avança nas tratativas para a escolha do nome do vice. Entre outros, dois ex-prefeitos estão no páreo: Carlito Merss (Joinville) e Décio Góes (Criciúma e Balneário Rincão). No sábado, o partido fará uma reunião da executiva para fechar definitivamente a chapa e as coligações. A convenção petista será no limite do prazo, dia 5, em Blumenau.

Kleinübing vai ficar calado

O presidente estadual do Democratas (DEM), deputado João Paulo Kleinübing, participou de vários encontros, em que cada um apresentou um panorama do respectivo Estado. Pré-candidato ao governo catarinense, JPK declarou, por meio da assessoria, que não pretende conceder entrevistas até a convenção do DEM, no dia 4 de agosto, “salvo algo extraordinário”. Até o momento, o DEM é outro partido que está isolado  na corrida eleitoral.

Candidatos ao governo

Os grandes partidos já definiram seus candidatos ao governo: o PSD com Gelson Merisio, MDB com Mauro Mariani, os tucanos com Paulo Bauer, Décio Lima pelo PT e João Paulo Kleinübing que quer disputar pelo Democratas.  Mas quem aparece liderando as pesquisas é Esperidião Amin, lançado ao governo pelo PP, continua sendo a principal incógnita do cenário político catarinense. Corre nos bastidores, que a provável coligação do PSDB com o PP, com Amin ao governo e Bauer ao senado, está descartada. Mas em política não existe ponto final… tudo pode acontecer.

Olha o golpe

Para analistas políticos, está sendo armado um grande golpe nos bastidores para desestabilizar a candidatura de Gelson Merisio e do tucano Paulo Bauer. Este golpe tem o “DNA” de kaisers políticos que vêm tramando para mudar o cenário político nesta eleição.  Merisio que abra bem os olhos e o tucano Bauer que voe alto, para não ser derrubado em pleno voo.

Vice príncipe

O vice de Jair Bolsonaro, pré-candidato do PSL à Presidência da República, pode ser um membro da família real brasileira. O príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança, que não pertence à linha de sucessão principal ao extinto trono brasileiro, se mostrou à disposição para ser o segundo na chapa com o deputado federal.

Cartão Sipag

Parceiros

Tiecher Banner
Tatu parceiros
Wilson Martins
Piccoli Parceiros

Publicidade

Inviolavel
Fit Fish
Momento FM