sexta, 20 de setembro de 2019 - 09:32:56 PM
sexta, 20 de setembro de 2019 - 09:32:56 PM
Lucio Jaques
Andrioli Projetos
Sarampo
PUBLICADA EM 19 de março de 2019 - 7:31 PM

Denúncia da vice-governadora Daniela Reinehr

Reana Seguros

Chapecó foi palco de uma grave denúncia, durante o encontro realizado pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), do programa “Voz Única”, na última sexta-feira (15). A vice-governadora Daniela Reinehr (PSL) afirmou que tem obras do governo do estado que estão paralisadas por suspeita de desvio. Isto precisa ser levado a sério e investigado para descobrir onde foram os desvios e que são os culpados. Ou foi apenas para tentar justificar a paralisia do governo? Acredito que não.

Turbulência no PSL
Para um partido sem expressão até ganhar as eleições do estado, os integrantes do PSL sonhavam em grandes projetos, em grupo. Mas com a vitória e eleição de muitas lideranças, até então inexpressivas no mundo político, o clima mudou e as vaidades e disputas internas surgiram. Em recente reunião do partido em Lages, um grupo de pesselistas fez duras críticas ao governador Carlos Moisés, afirmando que Moisés não segue as bandeiras conservadoras do partido. Alguns acenaram com a possibilidade de irem para a UDN (União Democrática Nacional) e deixarem Moises sozinho.

Abertura de empresas
Como bombeiro militar que fui, sei da grande dificuldade que as empresas têm de se instalar por causa da burocracia. A gente tem que acreditar mais nas pessoas, basear o trabalho mais na confiança. Esse é o caminho para fazer as coisas de forma mais célere.
Governador Carlos Moisés.

Encontro regional
Na próxima sexta-feira (22) acontece em Chapecó, no CTG Quero Quero, um encontro regional do PSD, a partir das 19h30. O convite é do presidente municipal José Caramori, deputado federal João Rodrigues e vereadores. A estrela do evento será o presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia, que falará sobre os novos rumos da política.

Marcar território
O deputado Júlio Garcia realiza o primeiro grande encontro do PSD em Chapecó, cidade que o ex-deputado Gelson Merisio adotou como berço político para se lançar a governador. Garcia vem demarcar território na terra de Merisio? Vale lembrar que Garcia vem com apoio, principalmente do deputado federal João Rodrigues, Eron Giordani e José Caramori. Será este o prenúncio do comando do novo PSD?

Homem do PSD
A conversa nos bastidores do PSD é que o homem forte do partido hoje é o deputado Júlio Garcia e será quem vai dar os rumos do partido a partir de agora. Quem também está neste grupo seleto é o deputado João Rodrigues e o faxinalense Eron Giordani, chefe de gabinete de Garcia na Alesc.

Carta branca
O PSD vai passar por uma renovação e reestruturação no comando do partido, isto é certo, e Júlio Garcia tem carta branca e a última palavra para realizar as mudanças. E nestas mudanças o ex-deputado Gelson Merisio não faz parte. Tudo com a bênção e apoio do ex-governador Raimundo Colombo.

Eleição de 2022
Há quem afirme como segura uma coligação entre o PSD e MDB nas eleições de 2022. Quem já estaria articulando são o deputado Júlio Garcia e Raimundo Colombo.

Turismo em alta
No próximo dia 21, quinta-feira, o município de Xanxerê, será palco de um importante evento na área de turismo. Será realizada, às 9h, no Auditório do Seville Park Hotel, a cerimônia de posse da diretoria 2019/2021, com a presença da presidente Elisiane Silveira Menegolla e lideranças ligadas ao turismo local, regional e estadual. Sem dúvidas é um grande passo para que o turismo regional ganhe destaque e reconhecimento, gerando novas divisas à região Oeste.

Desconforto de Bornhausen
O próprio Paulinho Bornhausen admitiu desconforto no grupo liderado por ele dentro do PSB. Até mesmo a sua desfiliação do partido chegou a ser cogitada, recentemente. Mas Bornhausen afirmou que não procede a hipótese de saída do partido. O ex-deputado disse que vai ocupar-se do assunto nesta semana com o intuito de “harmonizar expectativas”. A conferir.

Verba para o HRSP
O senador Esperidião Amin (PP), fez a indicação de uma emenda parlamentar no Orçamento Federal de 2019, no valor de R$ 150 mil, beneficiando o Hospital Regional São Paulo (HRSP). O recurso, proveniente do Fundo Nacional de Saúde, será destinado ao custeio dos serviços de assistência hospitalar. O diretor administrativo do hospital, Fábio Lunkes, classifica como importante o recebimento dessas emendas por parte do Hospital, uma vez que o SUS não cobre todos os custos com os atendimentos realizados pela instituição. Pontos para o senador.

Cartão Sipag

Parceiros

Piccoli Parceiros
Tiecher Banner
Tatu parceiros
Wilson Martins

Publicidade

Inviolavel
Fit Fish
Momento FM