terça, 16 de julho de 2019 - 01:45:02 AM
terça, 16 de julho de 2019 - 01:45:02 AM
Lucio Jaques
Alesc julho
Andrioli Projetos
PUBLICADA EM 09 de julho de 2019 - 11:18 AM

Envolvidos em grande esquema de tráfico de drogas são presos em Xanxerê

Reana Seguros

 

No início da manhã desta terça-feira (9) a Polícia Civil deflagrou a sétima etapa da Operação Woodstock na região. Em Xanxerê, três pessoas foram presas por envolvimento no transporte de drogas. Outras duas foram presas por porte ilegal de armas durante o cumprimento dos mandados.

A operação foi desencadeada pela Polícia Civil de Chapecó em parceria com a Delegacia Regional de Xanxerê e a Divisão de Investigação Criminal (DIC) do município. Além do reforço nas equipes que executaram os mandados, o helicóptero da Polícia Civil também acompanhou os trabalhos. Foram apreendidas duas carretas e diversos telefones celulares. Conforme o delegado da DIC de Xanxerê, Vinícius Buratto Iunes, as carretas transportavam drogas de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, região fronteiriça com o Paraguai, e destinavam, principalmente, ao litoral de Santa Catarina, passando por Xanxerê.

– A droga era descarregada mais na região do nosso litoral e em outros estados, não ficava em Xanxerê. As investigações apontam que os caminhões apreendidos transportavam drogas e também funcionavam como batedores para outros caminhões. Nós investigamos em conjunto porque em determinado momento nossa investigação bateu com a de Chapecó e então passamos a trabalhar em equipe – destaca Iunes.

A Operação Woodstock, da Polícia Civil de Chapecó, já havia sido realizada em seis fases, contabilizando 32 presos e quase 70 mandados de busca e apreensão cumpridos. Conforme o delegado Rodrigo Moura, que coordena a operação, há oito meses que Chapecó e Xanxerê trabalham em conjunto para identificar indivíduos responsáveis pelo transporte de grandes quantidades de droga.

– No curso das investigações, apenas nesses oito meses, nós conseguimos participar ativamente na apreensão de 11 toneladas de maconha, contabilizado em R$ 11 milhões, além de cocaína e armas de fogo. Isso estava em duas carretas que já gavião sido apreendidas, uma no Mato Grosso do Sul, em dezembro de 2018, e outra em Rancho Queimado, em SC, em maio de 2019. A partir do momento que a gente tinha informação suficiente para possibilitar a apreensão da carreta nós agimos. Os indivíduos que são considerados os principais mandantes e organizadores desse esquema de tráfico de drogas foram presos aqui em Xanxerê hoje – explica Moura.

Ainda de acordo com o delegado de Chapecó, ao todo são seis mandados de prisão direcionados à Xanxerê. Desses, dois homens já haviam sido presos em flagrante em outra fase da operação. Nesta terça (9) foram detidos dois homens e uma mulher, sendo que resta em aberto um mandado de prisão e o alvo é considerado foragido no momento. A Operação Woodstock continua trabalhando na investigação para identificar mais pessoas que fazem parte da quadrilha. Tudo Sobre Xanxerê

Cartão Sipag

Parceiros

Wilson Martins
Tiecher Banner
Tatu parceiros
Piccoli Parceiros

Publicidade

Inviolavel
Fit Fish
Momento FM