terça, 19 de outubro de 2021 - 02:17:06 PM
Lucio Jaques
App Sicoob
Topo out.
PUBLICADA EM 14 de outubro de 2021 - 1:01 PM

Exclusivo: Governador Moisés e a possível conversa com o presidente nacional do Republicanos

Depois da visita secreta à presidente nacional do Podemos, Renata Abreu na última semana em Brasília, o Governador Carlos Moisés da Silva deve ter encontro nesta semana também com o presidente do Republicanos, Marcos Pereira. Na pauta, a possibilidade de filiação ao partido.

O governador cumpre roteiro oficial em Brasília na próxima quarta-feira, dia 13 de outubro. A agenda oficial na cidade foi elaborada em conjunto com o Secretário Estadual de Articulação Nacional, Lucas Esmeraldino.

Esmeraldino não confirmou o encontro de Moisés com Marcos Pereira mas também não descartou a possibilidade. O secretário avalia que é tempo de conversas para encaminhamento sobre filiação partidária. “Pode ser que conversas aconteçam, até porque chegou a hora de acontecerem e seria natural”, resumiu o secretário.

O presidente do Republicanos em Santa Catarina, deputado estadual Sérgio Mota, questionado pelo blog sobre as conversas para possível filiação do Governador ao partido, disse que não há nada definido, mas revelou que já houve conversa entre Carlos Moisés e o presidente nacional do Republicanos, Marcos Pereira sobre o assunto há cerca de três meses.

O governador Carlos Moisés da Silva desfiliou-se do PSL em julho e anunciou que até dezembro deve anunciar em qual partido deve se filiar.A intenção é concorrer à reeleição em 2022.

Ele teve longa conversa ainda com o senador Esperidião Amin no Palácio da Agronômica há alguns dias sobre a possibilidade de migração ao PP. Líderes do MDB também levantaram a possibilidade de filiação do Governador ao partido.

A possibilidade de o Presidente Jair Bolsonaro filiar-se ao PP pode ser empecilho para a migração de Moisés à sigla. Nesse caso, cogita-se nos bastidores que o candidato ao governo pelo PP possa ser o próprio Esperidião Amin.

No MDB, três nomes estão em pauta como pré-candidatos ao Governo: Antídio Lunelli, Celso Maldaner e Dário Berger.

A possibilidade de filiação ao PSD, é considerada ainda mais remota nos bastidores.

O partido tem três nomes em pauta como pré-candidatos ao governo: João Rodrigues, Raimundo Colombo e Napoleão Bernardes.

Tanto no MDB quanto no PSD, Moisés, apesar de ser governador, teria que pelo menos em tese, “entrar na fila” .

Por Karina Manarin

Receba atualização das notícias pelo WhatsApp. Clique aqui!

Parceiros

Center Hotel

Publicidade

Inviolavel
Momento FM