segunda, 21 de setembro de 2020 - 12:03:43 AM
segunda, 21 de setembro de 2020 - 12:03:43 AM
Lucio Jaques
Reana Seguros
PUBLICADA EM 11 de setembro de 2020 - 12:22 PM

Exclusivo: Vinícius Mozetic do DEM será o vice de Wilson Martins

App Sicoob

 

Uma fonte fidedigna me confirmou que o advogado e professor Vinícius Mozetic, presidente do DEM será o vice do vereador Wilson Martins, em Xanxerê. Após muito diálogo, Mozetic aceitou o convite. A confirmação vai acontecer durante a convenção dos partidos. Com isso, o PSL de Martins ganha musculatura política e vem para as eleições com um projeto novo, tendo à frente duas lideranças jovens, disposta a apresentar um projeto inovador para o município. Mais uma chapa à majoritária que se define.

Reunião em Brasília

O presidente do DEM de Xanxerê, Vinícius Mozetic e a executiva do partido mantiveram contatos e inúmeras reuniões com lideranças partidárias nas últimas semanas, inclusive no governo federal. Fiquei sabendo que Mozetic foi chamado a Brasília pelo ministro Onix Lorenzoni para uma reunião para discutir o futuro do partido nesta eleição.

Eu já sabia…

Na coluna do dia 4 de setembro eu coloquei que o MDB e PSDB estavam em conversações. Agora foi anunciado que os dois partidos fecharam uma aliança com dois pré-candidatos a prefeito, Adenilso Biasus e Oscar Martarello. Até o prazo final das convenções deve ser definido quem será o candidato a prefeito. Martarello afirmou que aceitou o convite depois de conversar com a família e receber todo apoio, além dos amigos. Uma chapa fortíssima que vai para a disputa nesta eleição.

PSD mantém silêncio

Ainda falta o PSD se manifestar e apresentar o seu candidato a prefeito. Amigos mais próximos do prefeito Avelino Menegolla garantem que o homem está disposto a ir à reeleição. Quem foi chamado para uma conversa foi o ex-vice-prefeito Enori Barbieri que veio especialmente para falar com Menegolla, mas a conversa está guardada a sete chaves. Seria Barbieri vice de Menegolla, de novo? A conferir

Merisio na Campina

Quem esteve recentemente na “Campina da Cascavel” foi o ex-deputado e coordenador estadual do PSDB, Gelson Merisio, que veio para acertar alguns pontos na aliança entre PSDB e MDB. Merisio sempre deixou claro que só entraria na campanha de corpo e alma se os candidatos a prefeito fossem Bruno Bortoluzzi ou Oscar Martarello. Gostem ou não de Merisio, o homem é uma liderança que merece respeito e vai, sim, influenciar nesta eleição.

PL vem com novidades

O Partido Liberal (PL) vem com novidades por aí, fiquei sabendo. O pré-candidato a prefeito Leandro Vigo deve anunciar na semana que vem o seu vice. O PDT é um dos partidos que já está na aliança, outros devem ser anunciados em breve. Vigo admitiu que fará uma aliança bem enxuta.

Perigoso

O governador Carlos Moisés (PSL) está sentindo o peso dos processos de impeachment que pesam sobre ele. Em uma entrevista nesta sexta, Moisés afirmou “vontade de trocar o governo” e um possível “inconformismo com a eleição” estão por trás dos dois processos de impeachment contra ele na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), e afirmou que acha isso “muito perigoso”. O governador disse ainda que os processos contra ele não têm “justa causa”, e que eles são uma reação a mudanças feitas na administração, como a revisão de contratos que seriam prejudiciais ao Estado. Na realidade, o governador tenta passar confiança, mas sabe que seu caso é muito grave.

Vice em Joinville

O PSDB aceitou o convite do PSD e indicou Rodrigo Fachini como candidato a vice-prefeito, numa coligação que terá Darci de Matos (PSD) como opção a prefeito de Joinville, nas eleições de novembro. Fachini havia sido escolhido pelos integrantes do diretório do partido como candidato a prefeito, em convenção no último dia 31 de agosto. A executiva, no entanto, tinha a prerrogativa de encaminhar negociações visando as possíveis coligações.

Parceiros

Fit Fish

Publicidade

Inviolavel
Momento FM