quarta, 03 de março de 2021 - 01:35:41 AM
Lucio Jaques
App Sicoob
PUBLICADA EM 15 de fevereiro de 2021 - 4:11 PM

Gabinete da crise é montado em Chapecó para enfrentar colapso na saúde

Alerta

 

O governador Carlos Moisés (PSL) agiu rápido ao saber do colapso da área da saúde em Chapecó. O governador montou um gabinete de crise e enviou o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, e o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, para acompanharem a situação, sem data para voltar para a capital. O prefeito João Rodrigues admitiu, no último domingo, que o município chegou ao colapso.  Giordani está no lugar certo na hora certa, afinal trabalhou com Rodrigues e conhece, como poucos, os reais problemas do município. Mas neste caso, em especial, terá que mostrar resultado. Giordani vive a sua prova de fogo no governo Moisés.

Todos são responsáveis

Os municípios de Chapecó e Xanxerê vivem um colapso na área da saúde, sem leitos de UTIs para internar pacientes e falta de profissionais para atender. Para os prefeitos é desesperador, sem dúvidas. Não é o momento para achar culpados, afinal todos são responsáveis em combater o coronavírus, obedecendo as normas de segurança e isolamento. Mas, em muitos casos, não foi isto que se viu nestas férias. Agora o resultado chegou. Se cada um fizer a sua parte sairemos deste momento difícil, o mais rápido possível. Não existe milagre, mas sim cuidados.

Vacinação urgente

A Covid-19 está em nosso meio, evoluindo e matando muitos brasileiros, mesmo sem comorbidades. O nosso presidente Jair Bolsonaro parece que ainda não levou a sério as mais de 230 mil mortes causadas pelo vírus. Desdenhou a compra da vacina, agora diante de uma pandemia sem controle em vários estados e municípios, tentando fazer de conta que se preocupa e mandando ajuda. Mas não adiantam só respiradores e remédios, é preciso uma ação planejada por parte dos governos, em especial do governo federal, em vacinar urgente os brasileiros para combatermos esta pandemia.

Movimentos para 2022

Os maiores partidos do estado começam a movimentação visando as eleições ao governo do estado nos bastidores. A entrada dos 3 partidos (MDB, PP, PSD) no governo do estado, em apoio ao PSL, tem um objetivo claro. As eleições de 2022. Agora o governador Carlos Moisés busca trazer para as fileiras do governo o PSDB. Com isso, busca isolar o nome do senador Jorginho Mello, candidatíssimo ao governo do estado em 2022

Nota oficial de Moreira                  

O ex-governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) se manifestou, através de nota oficial, sobre a decisão da justiça que determinou a indisponibilidade dos bens dele e mais 12 pessoas, além de duas empresas, relativo à investigação de contrato da Celesc. No texto, ele afirma que não se trata de fato novo, já que tal medida havia sido requerida há dez anos.  “Confio na Justiça e acredito que serei excluído da demanda antes mesmo da fase instrutória ou quando da prolação da sentença”, disse.

Sete ex-prefeitos

A Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina divulgou o resultado da denúncia da Promotoria de Justiça de Tangará com a condenação de sete ex-prefeitos, um ex-vice-prefeito, um ex-agente público e três empresários, acusados dos crimes de corrupção e fraude em liquidação. Os ex-prefeitos Sérgio Luiz Schmitz (Alto Bela Vista), Janerson José Delfes Furtado (Cerro Negro), Adelaide Salvador (Irani), Egídio Luiz Gritti (Itá), Paulinho de Abreu (Princesa), Waldir Antonio Walker (São Bernardino) e Mauro Junes Polett (Xavantina) foram condenados a penas de três anos, um mês e 10 dias de detenção, em regime aberto. O ex-prefeito, Ribamar Alexandre Assonalio (Cordilheira Alta), faleceu no curso do processo e teve a punibilidade extinta.

Insanidade

No último final de semana, de férias em São Francisco do Sul, o presidente Bolsonaro voltou a fazer aglomerações e brincar com a Covid-19. Enquanto isto, afirmava que mandaria toda ajuda possível para o município de Chapecó, que está vivendo um colapso na saúde devido ao coronavírus. Brasileiros morrendo e o presidente brincando com uma coisa tão séria. Isto beira à insanidade.

 

 

 

 

Receba atualização das notícias pelo WhatsApp. Clique aqui!

Parceiros

Publicidade

Inviolavel
Momento FM