terça, 22 de junho de 2021 - 11:48:09 AM
Lucio Jaques
App Sicoob
PUBLICADA EM 07 de junho de 2021 - 6:02 PM

Governador Moisés se reúne com lideranças do PP

Jovem Aprendiz

 

Volto a falar que o governador Carlos Moisés (PSL) tem grandes chances de assinar ficha no Progressistas, caso se confirme a sua saída do PSL. Nesta segunda-feira (7), Moisés deu o primeiro passo para se aproximar definitivamente dos Amin e do partido. Isto aconteceu em uma reunião, na Casa D’Agronômica, entre o governador Moisés e a bancada federal do Progressistas, que contou com a presença do senador Esperidião Amin e da deputada federal Ângela Amin, coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense, que liderou a bancada no encontro.

Amin elogia Moisés

Na reunião entre Carlos Moisés e a bancada federal do Progressistas, o senador Esperidião Amin elogiou o governador chamando de “marcante e pioneira” a disposição do governador em colocar recursos estaduais nas obras de rodovias federais. Um sinal claro que Moisés é bem-vindo nas fileiras progressistas, caso queira assinar ficha. Uma coisa é certa, esta reunião serviu no mínimo para aproximar politicamente Moises do PP.

Moisés faz gesto para o PT 

O governador Carlos Moisés (PSL) tem demostrado que deseja abrir o governo para uma maior participação das alas políticas partidárias catarinense. Um dos gestos aconteceu sábado (5), durante a comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente, quando Moisés num gesto simbólico plantou uma árvore ao lado do deputado Padre Pedro Baldissera (PT), em Faxinal dos Guedes. Mas não para por aí, o governador recebeu uma comitiva de prefeitos do Oeste liderada pelo deputado Fabiano da Luz (PT), líder petista na Alesc. Moisés faz gestos políticos, apontando para o Centro Administrativo, com pensamento em 2022.

PIB em alta

O governador Carlos Moisés (PSL) comemora o crescimento do PIB catarinense que cresceu 2,9% em 12 meses, encerrados em março deste ano, frente ao mesmo período do ano anterior. Os dados são apresentados no Boletim de Indicadores Econômico-Fiscais de Santa Catarina, do mês de junho, divulgado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e que traz uma análise exclusiva dos indicadores econômicos do Estado.

Retomada da economia

“Esse resultado reforça o movimento de retomada da economia catarinense. Os números de geração de empregos também apontam neste sentido, que Santa Catarina está no caminho do crescimento. São reflexo da nossa economia diversificada, de um povo empreendedor e trabalhador e do nosso esforço para garantir segurança para os investimentos”, afirma o governador Carlos Moisés.

Setores

Para economistas, o bom desempenho da economia catarinense foi puxado, principalmente, pelo do setor de serviços, responsável por 68% do PIB e que cresceu 2,5% no período e pelo comércio, que cresceu outros 4,8%. A indústria total cresceu 4,6%, sendo que a indústria de transformação cresceu 2,1% e a construção civil, no embalo das reformas residenciais e retomada dos investimentos, cresceu 14,8%. No setor de serviços, além do desempenho do comércio, o destaque foi o crescimento dos serviços profissionais, científicos, técnicos e administrativos e complementares, que cresceram 17,2%. Serviços estes, impulsionados pelo próprio crescimento da produção industrial e do comércio.

Governo tranquilo

O governador Carlos Moisés (PSL) vive um momento político de muita harmonia, desde que assumiu o governo em 2018, quando se isolou politicamente. Agora, com sua volta, cercado de bons conselheiros e com apoio da maioria dos partidos catarinenses, pode com tranquilidade colocar seu jeito de governar e correr atrás do tempo perdido, e fazer um governo no mínimo satisfatório, podendo garantir uma nova eleição. Resta saber se será ao governo do estado (reeleição) ou à câmara federal.

Pré-candidatos ao governo…

Os partidos começam a se manifestar e apresentar o seu pré-candidato a governador em 2022. O mais recente foi o PT, que manifestou lançar o nome do ex-deputado federal Décio Lima. O PSD tem vários nomes, como o prefeito de Chapecó João Rodrigues e Napoleão Bernardes. O MDB aposta em Antídio Lunelli, Gean Loureiro pelo DEM até o momento. O senador Jorginho Mello pelo PL ganha musculatura em sua pré-candidatura. O PSDB, ainda indefinido, apresenta Gelson Merisio e Clésio Salvaro. O PP ainda não se manifestou, mas os Amin estão no páreo. Já Moisés aposta no senado ou câmara federal. Mas com certeza outros nomes devem surgir.

Receba atualização das notícias pelo WhatsApp. Clique aqui!

Parceiros

Publicidade

Inviolavel
Momento FM