domingo, 15 de setembro de 2019 - 07:05:41 PM
domingo, 15 de setembro de 2019 - 07:05:41 PM
Lucio Jaques
Andrioli Projetos
Sarampo
PUBLICADA EM 08 de agosto de 2018 - 5:09 PM

João Rodrigues diz que “a guerra ainda não acabou”

Reana Seguros

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou o embargo do mérito, apresentado pela defesa do deputado federal João Rodrigues (PSD). Rodrigues estava confiante que o STF tivesse uma posição favorável a seu pedido. Mas o deputado afirma que aceita a decisão da justiça, vai buscar seus direitos e sua candidatura continua em pé. “A guerra só termina quando acaba. Vou atrás dos meus direitos. Estamos vivos e fortes”, disse.

Renovação

O jovem Alexandre Badotti vai concorrer a deputado estadual pelo PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro. Badotti afirma que vai para a rua com vontade, leve e convicto que está fazendo o certo. “Sem nada de festas, foguetório e dinheiro sendo rasgados, chega da política velha. O povo catarinense tem opção nessas eleições. Aceitei esse desafio e sou candidato a deputado estadual, pelo partido do Bolsonaro, pois essa era a proposta inicial, o que agora, se concretizou. Somos a opção da Renovação em SC”, afirma.

Unidos e prontos

Estamos unidos e prontos para fazer mais por Santa Catarina. Temos em nossa coligação a força de dois dos maiores partidos do país e nomes preparados para renovar a política catarinense e enfrentar com realismo e trabalho os graves problemas de nosso estado. Me sinto feliz por contar com a energia e juventude do meu vice, Napoleão Bernardes, nessa missão. Juntos, e com o seu apoio, vamos construir um novo tempo de desenvolvimento por toda Santa Catarina.

Candidato ao governo Mauro Mariani (MDB)

Time

Time fechado com experiência para o senado e sangue novo para o governo. Sentimentos de alegria e de urgência. Temos pressa de propor pra vocês um novo salto de desenvolvimento, uma nova Santa Catarina.

Candidato ao governo Gelson Merisio (PSD)

Dona Ivete

Quatro nomes de peso disputam uma vaga ao senado, mas Jorginho Mello (PR) se destaca, afinal trouxe como suplente a ex-primeira-dama do estado, Ivete Appel da Silveira, um ícone do MDB. Mello com certeza agradou os emedebistas que deverão votar em peso nele, reforçando ainda mais a sua eleição.

Felicidade

“Felicidade de contar com o apoio de Ivete Appel da Silveira, viúva do meu amigo e ex-governador Luiz Henrique da Silveira. Contar com dona Ivete nessa caminhada me motiva ainda mais para esse novo desafio de ser candidato ao Senado Federal e lutar pelo Pacto Federativo, bandeira histórica de LHS. Vamos juntos”, disse o candidato ao senado Jorginho Mello (PR). Já Ivete declarou que vai percorrer todo o estado para fortalecer o nome de Jorginho dentro do MDB.

Senado

O PDT está no time dos 14 partidos da aliança liderada pelo PSD, está na campanha de Gelson Merisio para governador, mas não quer saber de vinculação com os candidatos ao senado da aliança – Esperidião Amin (PP) e Raimundo Colombo (PSD). Para o Senado, a orientação da direção do partido é “liberar os filiados”. Em relação a Colombo, o PDT não dá apoio pela sua postura em relação aos professores.

Apoio ao impeachment

Apesar do discurso de que Dilma Rousseff foi vítima de um “golpe”, o PT se aliou em 15 estados a partidos que apoiaram o impeachment da presidente cassada em 2016 e integraram o governo Michel Temer. Levantamento feito pelo Estado mostra que o PT será cabeça de chapa ao governo nas eleições 2018 em seis estados em coligações com partidos que foram favoráveis ao impedimento.

Mourão, não…

A escolha do general Hamilton Mourão como vice desagradou a maioria dos aliados mais próximos do candidato Jair Bolsonaro (PSL). Generais que torcem pelo sucesso do capitão da reserva acharam sua escolha um erro grave. Até aliados que foram cogitados para vice de Bolsonaro estão inconformados com a escolha. Escolher Mourão de vice não acrescentou votos a Bolsonaro. Ao contrário, ainda tira votos, quando liga o negro à malandragem e índio à preguiça. Amigos de Bolsonaro dizem que ele não se sente à vontade para enquadrar Mourão. Afinal, general não bate continência para capitão.

Cartão Sipag

Parceiros

Tatu parceiros
Piccoli Parceiros
Wilson Martins
Tiecher Banner

Publicidade

Inviolavel
Fit Fish
Momento FM