sexta, 20 de setembro de 2019 - 09:53:40 PM
sexta, 20 de setembro de 2019 - 09:53:40 PM
Lucio Jaques
Sarampo
Andrioli Projetos
PUBLICADA EM 04 de abril de 2019 - 7:16 PM

Leandro Vigo assume coordenação regional do PR

Reana Seguros

O ex-vice-prefeito de Xanxerê, Leandro Junior Vigo, é o novo coordenador regional do PR e vem realizando um trabalho em todas as regiões do grande Oeste, organizando o partido para as eleições do ano que vem. A meta é ter candidato a prefeito nas principais cidades do estado. Na região da Amai, o partido já tem sete candidatos definidos, incluindo Xanxerê. Vigo sabe muito bem que a eleição do ano que vem terá um agravante, que é chapa pura para vereador na disputa eleitoral, por isso a necessidade de buscar lideranças e candidatos para disputar a eleição, o quanto antes.

Meta do PR

O PR vem numa crescente a cada eleição, mais do que isto, vem ganhando musculatura política, com a eleição de Jorginho Mello ao senado e deputados federais. A eleição do ano que vem será uma eleição importantíssima para o partido que vai buscar eleger o maior número possível de prefeitos e vereadores, já visando às eleições de 2022, quando terá o senador Jorginho Mello concorrendo a governador. Isto é voz corrente dentro do PR.

Flores ou espinhos?

Corre nos bastidores que após a reunião do deputado Gelson Merisio (PSD) com os caciques do PP, o senador Esperidião Amin chamou Merisio em um canto da sala e disse que o “via mais bem colocado se fosse para o Podemos”. Um sinal que as coisas não estão assim tão definidas para a ida de Merisio para o PP. Tem muita água para correr embaixo desta ponte. Amin é político tarimbado e não vai entregar o comando do partido para Merisio, como se fosse um buquê de flores, até porque se for de rosas tem espinhos.

Filiação de Buligon no DEM

Informações dão conta que a filiação do prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, no Democratas (DEM) deve acontecer no fim de abril, quando o presidente nacional do DEM, prefeito de Salvador, ACM Neto, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, estarão em Santa Catarina para participar de eventos e de assinatura de novos filiados, entre eles o prefeito de Chapecó

Nova data

O PSDB de Xanxerê deve marcar em breve uma nova data para realizar a sua convenção para escolha do novo presidente do diretório municipal. As conversações internas no ninho tucano são grandes, mas quem continua no comando do partido é o vereador Wilson Martins dos Santos que acredita que, ainda este mês, tudo se resolva e o partido comece uma nova fase, já pensando nas eleições municipais do ano que vem. O PSDB aguarda uma nova data que será marcada pelo diretório estadual.

Reforma administrativa

O relator da reforma administrativa do governo de Santa Catarina na Comissão de Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa será o deputado Milton Hobus (PSD). A indicação foi feita nesta quinta-feira (4) pelo presidente do colegiado, deputado Marcos Vieira (PSDB). Hobus prometeu uma análise criteriosa e responsável, diante do momento da economia e das contas públicas.

Custo da prisão

A poucos dias de completar um ano cumprindo pena em uma sala da Polícia Federal em Curitiba, com direito a TV e banho quente, como nenhum outro presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva já custou mais de R$ 3,6 milhões aos cofres públicos. O custo da “hospedagem” chega a R$10 mil ao dia, como estimou a própria PF já no ano passado. Lula custa ao mês 125 vezes a mais que qualquer outro detento no Brasil. Se ficar na situação que se encontra pela duração de toda sua pena de 12 anos e 1 mês, os custos de Lula preso serão de R$ 44,1 milhões.

Despreparados

A ida do ministro Paulo Guedes (Economia) à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara deixou claro que os deputados não estavam preparados para questionar a PEC da reforma da Previdência, tampouco para discutir verdades sobre outros assuntos. Isto gerou um verdadeiro barraco, seguiu com deputados fazendo pose de “ofendidos”, mas sem ter como desmentir o ministro, discursaram para seu eleitorado. Foi um show de vaidades.

DEM no governo

O presidente nacional do DEM, o prefeito de Salvador, ACM Neto afirmou nesta quinta-feira (4) que a legenda pode vir a integrar a base do governo Jair Bolsonaro, mas que o assunto será discutido na Executiva do partido. O Democratas tem três ministros no Executivo, além de comandar a Câmara (Rodrigo Maia) e o Senado (Davi Alcolumbre) onde conta, respectivamente, com 27 deputados e seis senadores.

Presidentes populistas

Uma pesquisa realizada por uma rede internacional de cerca de 80 pesquisadores, dirigida pelo professor Kirk Hawkins, da Universidade de Brigham Young (BYU), nos EUA, mostrou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) é o primeiro político populista a chegar ao Planalto desde Fernando Collor (ex-PRN, 1990-1992). Um dos principais responsáveis pelo estudo é o brasileiro Bruno Castanho Silva, doutor em Ciência Política e coordenador do grupo de análise textual do Team Populism (Equipe Populismo).

Cartão Sipag

Parceiros

Tatu parceiros
Piccoli Parceiros
Tiecher Banner
Wilson Martins

Publicidade

Inviolavel
Fit Fish
Momento FM