quarta, 20 de janeiro de 2021 - 04:18:47 AM
quarta, 20 de janeiro de 2021 - 04:18:47 AM
Lucio Jaques
App Sicoob
PUBLICADA EM 12 de janeiro de 2021 - 8:10 PM

Marcio Vaccaro recebe apoio para concorrer a deputado estadual

Uma fonte fidedigna me confidenciou que no último sábado lideranças do Oeste estiveram reunidas na casa do ex-deputado Gelson Merisio (PSDB) para um almoço e reunião. No cardápio a definição e apoio à pré-candidatura do empresário Marcio Vaccaro a deputado estadual nas próximas eleições. Ainda não está definido o partido que Vaccaro deve se filiar.

Candidatos de Xanxerê
Tudo indica que Xanxerê terá no mínimo três candidatos a deputado estadual. Hoje, os nomes que começam a despontar nos meios políticos são do vice-prefeito Adenilso Biasus (MDB), o ex-vereador Wilson Martins (PSL) e agora de Marcio Vaccaro (sem partido). Já para deputado federal o nome da vez é o do ex-prefeito Bruno Bortoluzzi (PSDB).

Merisio a senador
Fiquei sabendo que o ex-deputado Gelson Merisio já definiu a sua vida política nas próximas eleições. Após muito diálogo, Merisio vai disputar uma vaga ao senado. Como bom político e articulador que é, Merisio sabe que o seu momento para disputa ao governo do estado passou. Uma vaga no senado não será fácil conquistar, mas com certeza terá mais apoio que ao governo do estado. A conferir.

Moisés senador
Nos bastidores da capital começa a ser ventilada a possibilidade do governador Carlos Moisés (PSL) disputar uma vaga ao senado. O governador quer arrumar a casa nestes últimos anos de governo e voltar a ganhar a confiança dos catarinenses. Resta saber por qual partido Moisés vai disputar o senado. Será com o MDB ou com o PP, ou, ainda, com o PSD? A conferir.

Revanche
Se realmente o governador Carlos Moisés disputar uma vaga para o senado, mais uma vez Merisio terá como adversário Moisés, como aconteceu na última eleição para o governo do estado. Claro que foi uma eleição atípica, afinal Moisés contou com a onda Bolsonaro e do 17. Será que Merisio terá uma revanche nesta disputa ao senado?

Secretário da Agricultura
As mudanças propostas no governo Carlos Moisés já começaram, como afirmou o secretário da Casa Civil Eron Giordani. O deputado estadual Altair Silva (PP) é o novo secretário da Agricultura. Formado em Técnico Agrícola pelo Colégio Agrícola de Araquari,concluiu o curso de Direito na Unochapecó e completou MBA em Agrobusiness na Fundação Getúlio Vargas. Já o suplente Silvio Dreveck (PP) assume a cadeira e o deputado José Milton Scheffer assume como líder do governo. Sem dúvidas, a entrada de Eron Giodani e Altair Silva no governo fortalecem ainda mais o Oeste.

Bênção do Amin
A entrada de duas lideranças do PP no governo Carlos Moisés (PSL), nesta terça-feira (12), teve a bênção do senador e líder do partido. Esperidião Amin se reuniu com os deputados pela manhã. Além de José MiltonScheffer e Altair Silva, participaram da conversa a deputada federal Ângela Amin (PP) e o ex-deputado Silvio Dreveck (PP), que voltará a ocupar uma cadeira no Legislativo com a saída de Altair.

MDB e PP no governo
Assim como o PP ocupa cargo oficialmente no governo, o MDB já ocupa vários cargos no governo, de segundo e terceiro escalões, além de duas pastas estratégicas com Paulo Eli na Fazenda e Leandro Lima no Sistema Prisional. Os dois são emedebistas de quatro costados, embora tenham se licenciado de seus partidos, o que não passa de uma forma de tentar maquiar a realidade. Mas o MDB deve ir além. Há indicações de que um deputado estadual do partido, que não deve se licenciar da sigla, também embarcará no governo Moisés da Silva.

O porta voz do governo Moisés
O homem forte do governo nesta nova fase do governo Carlos Moisés chama-se Eron Giordani, que se tornou não só o chefe da Casa Civil, mas o porta voz do governo. Em recente entrevista, falou abertamente sobre o governo Moisés e seus projetos para estes últimos dois anos de governo. Com uma postura tranquila e diplomática, Giordani vem dando uma nova cara para este governo.

Um tijolinho
Questionado sobre esta nova forma do governo Moisés, Giordani é taxativo: “Eu sou apenas um tijolinho nesta construção. O que vejo é uma vontade enorme do governador Carlos Moisés, neste novo momento, de percorrer o estado e conversar com lideranças políticas, entidades e instituições, com muito respeito a todas elas e estar mais próximo dos catarinenses, dos problemas do estado e estender o braço do estado a cada problema que surja. O que fazemos, eu e toda equipe, é incentivá-lo para que permaneça nesta linha e criar as condições administrativas necessárias para que o estado possa de fato levar as soluções para estas demandas existentes”, afirmou.

Investimentos
Conforme Giordani, o governo do estado, nestes dois primeiros anos, já contratou e está em fase de contratação de mais de R$ 50 milhões em projetos. Este investimento, nesta área de engenharia viária de recuperação de rodovias e construção de novos trechos, vai gerar um investimento do estado de R$ 5,5 bilhões nos próximos dois anos em todas as regiões do estado. “O governador Carlos Moisés definiu três linhas de ação para os próximos meses. A infraestrutura, investimentos em recursos hídricos e a retomada da economia em si”, conta.

Pensar em longo prazo
Segundo o secretário da Casa Civil, o governo não pode pensar em projetos até o último dia do mandato. “O governo deve pensar em longa escala. Existem recursos para todas as regiões do estado. Cerca de 93% das rodovias estaduais sofrerão intervenção nos próximos dois anos pelo governo do estado. Seja como conserto de alguns trechos, ampliação da capacidade até construção de novas ligações. São projetos que visam soluções para o estado até 2035”, garante.

Reforma proposta
“O governador Carlos Moisés pretende retirar do gabinete do governador algumas atribuições que foram levadas ao gabinete do governador, a exemplo do Detran, Defesa Civil, ou seja, pretende enxugar algumas estruturas. Enfim não vai ter grandes modificações, mas necessárias ao bom funcionamento do estado neste segundo momento do governo Carlos Moisés”, diz Eron Giordani.

Parceiros

Publicidade

Inviolavel
Momento FM