segunda, 21 de setembro de 2020 - 12:21:03 AM
segunda, 21 de setembro de 2020 - 12:21:04 AM
Lucio Jaques
Reana Seguros
PUBLICADA EM 04 de setembro de 2020 - 4:51 PM

MDB e PSDB xanxerense discutem aliança

App Sicoob

 

Nos bastidores, informações dão conta que líderes do MDB e PSDB vem mantendo conversações para fechar uma aliança entre os partidos, para disputar a eleição, em Xanxerê. Caso isto venha a acontecer, o candidato a prefeito vem com musculatura política e um grupo forte apoiando. A pergunta que fica no ar é: quem será vice de quem? Isto é natural, todos os partidos estão buscando compor e trazer outras siglas partidárias para fortalecer o projeto para disputar as eleições municipais. Mas seria uma aliança de peso.

Martarello coloca o nome à disposição

me à Dei em minha coluna com exclusividade que o empresário Oscar Martarello é pré-candidato a prefeito pelo PSDB. Depois de muito relutar, Martarello foi convencido pelo grupo que este é o seu momento de disputar a eleição, pelo grupo dos tucanos. A pré-candidatura de Martarello abalou o cenário político da Campina da Cascavel, isto é inegável, pela musculatura política que ela significa. Mas a política é muito dinâmica, as negociações estão acontecendo e vão até as convenções, dia 15 de setembro. Em síntese, nada está definido.

Vuco-vuco na Campina

O silêncio na Campina da Cascavel foi quebrado com o anúncio de que o empresário Oscar Marterello colocou seu nome à disposição do PSDB para disputar a eleição. Foi um verdadeiro vuco-vuco, como se fala popularmente, com lideranças ligando e querendo saber se realmente era verdade esta notícia. Com certeza teve candidato a prefeito que não dormiu bem, pensando em como compor seu projeto político nesta eleição.
Bolsonaro acredita na cassação de Moisés
Os reflexos dos pedidos de impeachment do governador Carlos Moisés, movido pela Assembleia Legislativa, já ecoaram no Palácio do Planalto que dá como certa a cassação de Moisés. Sem dúvidas um indicativo extremamente preocupante para o governador. O presidente Bolsonaro tem acompanhado de perto o andamento do processo, através da vice-governadora Daniela Reinehr, que rompeu com Moisés no início do ano.

Judiciário com a palavra

Para o ministro Benedito Gonçalves, do STJ, o processo aberto pela Assembleia Legislativa, que acusa o governador Carlos Moisés de superfaturamento na compra de respiradores durante a pandemia, tem as mesmas características do processo que afastou o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel, por 180 dias. Para o ministro, pode ter havido eventual participação de Moisés. Já o MPF fala em relevante atuação do governador no caso, por ter ciência da compra e não se opor, além de ter mandado pagar os valores antecipadamente. Mas a palavra final será do Judiciário.

Impeachment é político

Sem dúvidas esta situação do impeachment é muito preocupante para o governador Carlos Moisés (PSL), com real probabilidade de ele ser afastado do cargo. Não bastasse isto, o governador está isolado e sem apoio na Alesc. Aliás, Moisés só está sofrendo este pedido de impeachment por não tem apoio na Assembleia. O processo hoje é estritamente político. Evidente que tem os fatos envolvendo a compra nebulosa dos respiradores, mas poderia tudo isto ser tratado em outra esfera e não na política como está acontecendo.

 

Parceiros

Fit Fish

Publicidade

Inviolavel
Momento FM