terça, 22 de junho de 2021 - 10:50:13 AM
Lucio Jaques
App Sicoob
PUBLICADA EM 31 de maio de 2021 - 4:18 PM

Moisés se movimenta para sair do PSL

Jovem Aprendiz

 

Como já falei com exclusividade em minha coluna, o governador Carlos Moisés, faz os primeiros movimentos para sair do PSL. Um gesto de Moisés deixou claro isso no fim de semana, quando ele afirmou categoricamente: “Não estou confortável no PSL”. Várias siglas já convidaram Moisés, mas o governador afirma que vai buscar um entendimento com os membros da sigla, caso isto não aconteça, vai procurar outro partido. Uma fonte fidedigna me confirmou que Moisés já vem se movimentando para ir para outra sigla, aonde tenha notoriedade e espaço político para concorrer, em 2022, seja à reeleição, senado ou a deputado.

Banho de administração

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), está dando um banho de administração, colocando em prática toda a sua experiência, com obras em todos os cantos, atendendo todas as áreas, impulsionando o desenvolvimento da capital do Oeste. Rodrigues, mais uma vez, coloca sua marca de excelente administrador, fortalecendo e ganhando musculatura política para colocar o seu maior projeto: disputar o governo do estado em 2022. Vem surtindo efeito o seu modelo de administração, até mesmo os adversários se rendem ao prefeito e seu governo de realizações e conquistas.

Opositor do governador

O senador Jorginho Mello (PL), candidatíssimo a governador em 2022, não tem poupado críticas e fiscalizado o governador Carlos Moisés (PSL). Jorginho é opositor declarado de Moisés e tem buscado confronto direto com o governador. Jorginho aposta no desgaste de Moisés, com a sua convocação para depor na CPI do senado. Com isso, enfraquece Moisés, que pode ser seu adversário nas eleições para o governo, caso decida ir à reeleição. Em síntese, o embate antecipado sobre as eleições entre ambos já começou.

Fecam é invadida

No mínimo muito estranho o que aconteceu nesta manhã de segunda-feira (31), quando uma sala  da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) foi invadida por pessoas estranhas, que foram filmadas por uma câmera de segurança interna. O imóvel estava fechado por decisão da diretoria da entidade, baseada em parecer jurídico que apontou ilegalidade em ação da diretoria da escola, que nomeou e manteve um diretor sem a aprovação do Conselho Executivo e nem da Assembleia Geral de Prefeitos da Fecam. Qual foi o motivo desta invasão?

Fato estranho

Um caso estranho aconteceu com o ex-governador Eduardo Pinho Moreira.  O ex-governador usou o seu Facebook nesta segunda-feira (31) para alertar sobre o perigo da transmissão da Covid-19. Moreira tomou as duas doses, sendo a segunda dose em 15 de abril, e contraiu o vírus. “Sempre mantive os cuidados necessário, mas o vírus está aí! Estou com sintomas, mas bem. Isolado e tratando a doença”, afirma.

Bolsonaro continua indefinido

Aliados de Jair Bolsonaro (sem partido) estão pressionando o presidente para que ele decida, o quanto antes, qual será sua nova legenda para disputar a reeleição em 2022. A indefinição de Bolsonaro está travando articulações locais de congressistas que pretendem seguir os passos do presidente e se filiar ao mesmo partido que ele. Os aliados relatam incômodo, porque seus adversários largaram na frente nas conversas com foco nas disputas para o próximo ano. Em colégios eleitorais importantes para Bolsonaro, como o Rio de Janeiro, a oposição já está em conversas avançadas.

Dificuldade

O presidente Jair Bolsonaro tem enfrentado dificuldade em atingir sua meta de ingressar em um partido que possa controlar. Bolsonaro prometia sua decisão para março, depois para abril e chega ao final de maio sem ter batido o martelo. Enquanto isto, Bolsonaro vem sendo assediado por inúmeras legendas para que ingresse e dispute a eleição presidencial.

Cyber Gaeco

O Procurador-Geral de Justiça, Fernando da Silva Comin e integrantes do Gaeco de Santa Catarina foram ao Ministério Público de São Paulo conhecer a unidade especializada em investigações de crimes cibernéticos, o Cyber Gaeco. Implantar no MPSC esse modelo de força-tarefa especializada em crimes praticados por meio da internet, deep web e outros meios digitais já estava planejado como ação estratégica da administração.

Receba atualização das notícias pelo WhatsApp. Clique aqui!

Parceiros

Publicidade

Inviolavel
Momento FM