terça, 04 de agosto de 2020 - 01:50:32 AM
Lucio Jaques
Reana Seguros
PUBLICADA EM 11 de dezembro de 2019 - 6:17 PM

PSDB terá candidato a prefeito em Xanxerê

App Sicoob

O novo presidente do PSDB de Xanxerê, Péricles Vicini, foi enfático em afirmar que o partido terá candidato a prefeito nas próximas eleições. “O partido tem bons nomes em seu quadro para apresentar para a sociedade xanxerense, vamos ter candidato a prefeito, isto é irrevogável”, disse, reforçando que “o PSDB já teve prefeito, um dos melhores, o nosso grande líder Bruno Bortoluzzi, e está na hora do PSDB voltar a governar Xanxerê e, junto com as pessoas de bem, fazer Xanxerê se desenvolver ainda mais e com mais qualidade de vida.”

Tucanos comemoram

Os tucanos da velha guarda do PSDB xanxerense comemoram a homologação do novo diretório provisório do partido. Conforme o presidente, o empresário Péricles Vicini, o partido vive um novo momento, com a volta dos tucanos que ajudaram a fundar o partido. O objetivo é reunir novamente todos os filiados que se afastaram ou saíram do partido. “Não existe partido sem a participação das pessoas (filiados). As pessoas têm que se reunir e tomar as decisões juntas, este sempre foi o PSDB”, disse o presidente.

Novo PSDB

Indiscutivelmente, surge um novo PSDB, com um grupo que fundou o partido e fez história no município. Este novo PSDB vem com metas definidas e um projeto para voltar a governar Xanxerê. Mais do que isto, surge como um partido aberto para trazer novamente os tucanos espalhados de volta ao ninho.

Merisio no ninho

O presidente do PSDB xanxerense Péricles Vicini foi enfático em afirmar que o ex-deputado estadual Gelson Merisio será recebido com muita alegria e respeito pelos tucanos: “Merisio é uma grande liderança política e vem para somar. Chega de brigas e divisões, vamos todos juntos construir um grande partido.”

Merisio vai sozinho para o PSDB?

A pergunta que não quer calar é se Gelson Merisio vai sozinho para o PSDB ou com ele irão os amigos mais chegados e parceiros do PSD, seu ex- partido. Nesta caso, seriam o prefeito Avelino Menegolla, Jelder Bavaresco, Paulo Varella, entre outros. Sem dúvidas o grupo é grande. Há quem afirme que não. Mas já tem tucano dando bicada. E não é de alegria.

Martins rumo ao PSL

Com esta homologação da nova diretoria provisória do PSDB, naturalmente o vereador Wilson Martins dos Santos fica mais próximo ainda do PSL. Ficou claro que Martins não tem mais espaço no ninho tucano. Resta saber quando o vereador vai assinar ficha no partido do governador. Nos bastidores, conversas dão conta que Martins já recebeu carta branca do governador Moisés para indicar os principais cargos do governo na região da Amai.

PSL se articula para as eleições

O governador Carlos Moisés (PSL) não é ingênuo, nem está parado, deixando as coisas passarem, só porque não está no partido do presidente Jair Bolsonaro. Moisés tem se reunido com várias lideranças políticas do partido e lançado inúmeros pré-candidatos a prefeito nas regiões do estado. Muito mais do que fazer partido, Moisés quer sair fortalecido da eleição municipal, o que, naturalmente, abre caminho para sua reeleição a governador. Em Xanxerê, o candidato do PSL é o vereador Wilson Martins. A meta é ter candidatos a prefeito e vice nos 30 maiores município do estado.

CPI da Chapecoense

O Senado Federal instalou, na manhã desta quarta-feira (11), a CPI da Chape, para vai apurar a situação das famílias das vítimas do acidente aéreo da Chapecoense, que vitimou 71 pessoas, e a indenização dos familiares. A CPI que foi proposta e será presidida pelo Senador Jorginho Mello terá o Senador Izalci Lucas como relator e o Senador Dário Berger como vice-presidente da CPI. A CPI volta aos trabalhos na próxima terça-feira (17), e definirá o cronograma de atuação. O Senador Jorginho Mello luta para que o andamento seja o mais rápido possível, mas a CPI deve respeitar o calendário do Senado e deve dar continuidade em fevereiro.

Bunker desativado…

O prefeito de Florianópolis ,Gean Loureiro, fecha o ano com um abacaxi para descascar no ano que vem. Loureiro precisa provar que não tem nada a ver com o indiciamento da Polícia Federal no inquérito da Operação Chabu, que investiga vazamentos de operações policiais em troca de vantagens pecuniárias e cargos públicos e o funcionamento do sistema de antecipação de informações sigilosas. Mas a grande polêmica neste caso é a suposta sala secreta que teria sido blindada; seria uma espécie de bunker à prova dos sistemas de investigação. Loureiro nega, mas informações de bastidores dão conta que a Policia Federal estaria de posse de informações reais da existência deste bunker, que teria sido desativado antes da operação Chabu.

Militares nas escolas

Cerca de mil militares da reserva das Forças Armadas, policiais e bombeiros da ativa vão atuar na gestão educacional das instituições de ensino no Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares do MEC. Cada uma das 54 escolas vai receber R$ 1 milhão do programa.

Mordomia Airlines

Os jatinhos da Força Aérea Brasileira (FAB) foram bastante acionados durante este ano: já fizeram 1.470 voos transportando autoridades e mais de 15 mil “caroneiros”, entre janeiro e o último dia 5 de dezembro. Apesar de apenas 30 pessoas serem autorizadas a usar aeronaves da FAB, a média de voos é de mais de quatro por dia e a omissão da legislação sobre acompanhantes liberou a festa para os “caroneiros”. O levantamento sobre a “Mordomia Airlines”, a serviço dos políticos e autoridades, não inclui voos de Bolsonaro, cujos dados são secretos.

Parceiros

Fit Fish

Publicidade

Inviolavel
Momento FM