quarta, 26 de junho de 2019 - 12:49:39 PM
quarta, 26 de junho de 2019 - 12:49:39 PM
Lucio Jaques
Andrioli Projetos
PUBLICADA EM 23 de julho de 2018 - 1:44 PM

PSDB vai mesmo de chapa pura ???

Reana Seguros

A deputada federal Geovânia de Sá (PSDB) anunciou que aceitou o convite do senador Paulo Bauer para compor como candidata a vice-governadora em chapa encabeçada por ele. Depois de uma longa conversa com o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, ela comunicou aos principais líderes do partido no Estado sobre a decisão. “Eu já encarei muitos desafios e resolvi que vou atender a esse pedido do meu partido”, disse a deputada. Em tese, isto confirma que o PSDB deve mesmo ir de chapa pura para o pleito eleitoral deste ano.

Aliança com o PP

A deputada federal Geovânia de Sá já havia dito ao PSDB que não concordava com o partido sair de chapa pura. O senador Paul Bauer procurou Geovânia nesse final semana para convidá-la novamente para ser vice. Mas quem convenceu Geovânia foi o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, que defende uma aliança dos tucanos com o PP. Salvaro garante que a maioria da base do PSDB no Sul não apoia uma aliança com o MDB.

Definições

O PSD confirmou em convenção neste fim de semana, o nome de Gelson Merísio como candidato ao governo e de Raimundo Colombo ao senado. Mas as definições do vice e até mesmo da aliança, no entanto, serão estendidas até o dia 5 de agosto, prazo máximo para a definição de candidaturas, visando às eleições deste ano.

Quem será o vice???

O pré-candidato ao governo pelo PSD, Gelson Merisio, deixou claro que é candidatíssimo a governador, mas afirmou que o diálogo segue aberto e com proposta de adesões já previstas e “novas adesões”. Outro fato que chamou atenção foi a declaração de Merísio de que o “PSD estará com o PP”  e que isso é “decisão tomada”.  Resta saber quem vai abrir mão e ser o vice: Amin ou Merisio?

Nada está definido

Na realidade, nada está definido, a maioria dos partidos realizou suas convenções mais para homologar os nomes à majoritária e as proporcionais. Mas as definições de quem serão os vices nas chapas majoritárias continuam em aberto. Os acertos finais vão ocorrer no prazo final, dia 5 de agosto, entre os grandes partidos. Não tenho dúvidas que alguns nomes que hoje afirmam que são pré-candidatos ao governo mudarão a estratégia. O momento é de ocupar espaço e negociar. Tudo pode acontecer até lá.

PDT vai apoiar Merisio

O PDT de Santa Catarina confirmou em convenção, o apoio ao pré-candidato do PSD, Gelson Merísio, ao governo. A votação aconteceu na Assembleia, com a presença de Ciro Gomes, definido na convenção nacional do partido como o candidato à presidência. O pré-candidato do PSD, Gelson Merísio, compareceu à convenção do PDT, mas não abriu voto para Ciro Gomes. Por enquanto defende “palanque aberto” para a presidência no primeiro turno.

Apoio eclético

O ex-deputado Jailson Lima, que se desfiliou do PT e ocupa cargo na Eletrosul, anunciou que pretende trabalhar pela candidatura de Mauro Mariani, do MDB ao governo, Lédio da Rosa, do PT e Jorginho Mello, do PR, ao senado e Cláudio Vignatti, do PT, para deputado federal. Sem dúvidas será um apoio bem eclético nesta campanha eleitoral por parte de Lima.

Cartão Sipag

Parceiros

Tatu parceiros
Wilson Martins
Tiecher Banner
Piccoli Parceiros

Publicidade

Inviolavel
Fit Fish
Momento FM