quarta, 13 de novembro de 2019 - 12:34:04 PM
quarta, 13 de novembro de 2019 - 12:34:04 PM
Lucio Jaques
Andrioli Projetos
Matrículas
Alesc
PUBLICADA EM 10 de setembro de 2019 - 6:33 PM

PT define que terá candidato a prefeito em Xanxerê

Reana Seguros

O Partido dos Trabalhadores de Xanxerê elegeu no último domingo (8) o seu novo diretório para coordenar os trabalhos nos próximos 3 anos. Os filiados elegeram através do voto direto a Chapa Única do Diretório Municipal e o presidente Sidinei Mesnerovicz (Sidão). Conforme Sidão para enfrentar os próximos desafios o mais importante será a união: “O PT saiu muito forte nas últimas eleições e vem construindo um projeto para governar Xanxerê. Somos um dos maiores partidos do município. A eleição interna mostrou a união das lideranças xanxerenses e, com toda a certeza, iremos apresentar chapa cheia para vereador e também candidatura a prefeito e vice”. Em síntese, o PT se prepara para as próximas eleições com candidato a prefeito.

Alerta aos adversários

Esta afirmação do PT xanxerense de que terá candidato a prefeito e vice é um alerta aos adversários de que o partido não está morto, como muitos pensavam. Aproveitando o espaço conquistado na última eleição, quando elegeu dois vereadores, se prepara para disputar as eleições municipais confiante, podendo sair até mesmo de chapa pura, independente de se coligar com outro partido. Sem medo de ser feliz.

Lovatel será o candidato do PP

O vereador Arnaldo Lovatel é o novo presidente do PP xanxerense. Sem dúvidas esta oxigenação no partido com a saída do ex-prefeito Helio Winckler abre espaço para novas lideranças buscarem espaço o partido. Já Lovatel tem pela frente um grande desafio, que é buscar trazer para o partido velhas e novas lideranças, visando uma profunda “renovação”, para conquistar musculatura política para a disputa das eleições municipais como candidato a prefeito. Indiscutivelmente, o PP vive um novo momento e tem tudo para fazer bonito nas eleições.

Ganha musculatura

Ganha musculatura a pré-candidatura do vereador Wilson Martins dos Santos (PSDB) a prefeito no ninho tucano xanxerense. O vereador está a todo vapor discutindo o seu projeto de governo com lideranças e apoiadores. Isto tem motivado novas lideranças a procurarem o partido, informou uma fonte tucana.

Toffolli em SC

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, vem a Florianópolis na sexta-feira (13) para o primeiro encontro com dirigentes dos órgãos do Poder Judiciário das áreas estadual, trabalhista, eleitoral e federal de Santa Catarina. Toffoli também fará um pronunciamento aos jornalistas no Tribunal de Justiça sobre a importância da agenda institucional. Não há previsão de realização de coletiva. O objetivo da vinda do ministro a Florianópolis é promover o diálogo com os operadores do direito e ampliar a integração do Poder Judiciário.

Moro em Florianópolis

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, é o próximo convidado do Momento Brasil, série de eventos promovidos pela Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert), com personalidades do cenário político nacional. A palestra do ex-magistrado será às 10h30 do dia 30 de setembro, no auditório do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, na capital. Moro é a quarta autoridade a participar do Momento Brasil.

Agricultura familiar

Secretário Nacional do Serviço Ambiental, o ex-deputado federal Valdir Colatto está atento, ele que foi um dos relatores do Código Florestal. Colatto quer agilidade na análise legislativa para correr o país e incentivar a regulamentação, o que resolveria muito a vida de quem tem propriedade que não pode tocar, nem para criar, nem para plantar coisa alguma, enquanto outros, que esgotaram a exploração de áreas inteiras, precisam compensar o que ocuparam ostensivamente. O benefício será direto aos que promoverem ações em comunidades tradicionais, povos indígenas e agricultores familiares.

Senador comemora

O senador Jorginho Mello (PL) comemora o projeto que fortalece as universidades comunitárias, sancionado sem nenhum veto pelo presidente Bolsonaro. Mello não só comemora a quarta matéria de sua autoria que vira lei em três anos, como mais uma que recebeu o aval do presidente Jair Bolsonaro. E já anuncia mais um projeto no forno: o terceiro proposto pelo catarinense, aprovado no Senado, que já está com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que desburocratiza áreas não edificáveis.

Economia

A reforma da Previdência aprovada na CCJ do Senado pode significar economia de R$ 870 bilhões ao Tesouro, em dez anos. Mas se a PEC Paralela também for aprovada, impacto pode ser de R$ 1,312 trilhão, segundo o relator da proposta no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE). Vamos torcer para que isto realmente aconteça. Mas daqui a dez anos será outra realidade e outro governo. Este governo blefa muito.

Cartão Sipag

Parceiros

Piccoli Parceiros
Wilson Martins
Tatu parceiros
Tiecher Banner

Publicidade

Inviolavel
Momento FM