segunda, 25 de maio de 2020 - 01:31:10 PM
segunda, 25 de maio de 2020 - 01:31:10 PM
Lucio Jaques
Reana Seguros
PUBLICADA EM 13 de maio de 2020 - 7:30 PM

Vereador Adrianinho é convidado para assumir na Assembleia

 

O vereador Adriano De Martini, recentemente esteve em Florianópolis, quando participou da reunião do Diretório Estadual do PT, para falar das ações do Coletivo Popular de Orientação e Combate à Covid-19 de Xanxerê. Adrianinho, que é o 3º suplente de deputado estadual, recebeu o convite do presidente Décio Lima e do deputado Padre Pedro Baldissera para assumir uma cadeira na Alesc, por um mês, como forma de inovar e respeitar a rotatividade entre os deputados. Mas Adrianinho recusou por achar que a prioridade é trabalhar por Xanxerê na Câmara.  Sem dúvidas, isto mostra a força do PT de Xanxerê e a credibilidade de Adrianinho junto à Direção Estadual.

Martins na executiva do PSL

O pré-candidato a prefeito, vereador Wilson Martins (PSL) vem mantendo contatos com lideranças de outros partidos, visando fortalecer o seu projeto político. Martins foi convidado e aceitou fazer parte da executiva estadual do PSL. Será um dos 11 integrantes que comandará o partido em Santa Catarina. O PSL está apostando alto na candidatura de Martins, já que Xanxerê é uma das cidades que o governador Moisés quer eleger um prefeito. Martins, como coordenador regional, está responsável pela campanha do partido na região da Amai neste pleito eleitoral.

Candidato a prefeito

O Partido Progressista de Xanxerê já lançou o seu pré-candidato a prefeito, o presidente da Câmara de Vereadores, Arnaldo Lovatel. Recebi informações que o partido tem outro nome que também como pré-candidato a prefeito, o agrônomo Evandro Berto. Conforme Berto, ele colocou o seu nome à disposição do partido e vem trabalhando para fortalecer seu nome.

Kiko é candidatíssimo

O ex-prefeito de São Domingos, Alcimar de Oliveira (KiKo) é candidatíssimo a prefeito nesta eleição. Mesmo querendo se dedicar mais à advocacia, ouviu o apelo dos correligionários e como soldado do partido colocou seu nome à disposição. Com 50% de intenção de votos e um apelo enorme da sociedade não tem como não colocar o nome à disposição do partido e da população do município. Kiko governou por dois mandatos que transformaram a vida em São Domingos, seja na habitação, saúde, entre outras áreas. Kiko deixou o governo com 92% de bom e ótimo, o que lhe deu a condição de eleger a sucessão com chapa pura e um terço da Câmara de Vereadores, com o vereador mais votado. Kiko acredita que ainda pode fazer mais e melhor por São Domingos.

Pombos de ouro

O deputado Kennedy Nunes está atento e fiscalizando o governo do estado. Em vídeo o deputado Kennedy questiona uma licitação realizada pelo governo Moisés. “Este governinho malandro, está aproveitando este momento de pandemia para fazer algumas coisas loucas”, afirma. Foi feita uma licitação para desinsetização, desratização, controle de larvas em águas paradas (mosquitos) e controle da fauna sinatrópica (pombos) no porto de São Francisco no valor de R$ 2.109.561,50, para o período de seis meses. Só que em 2018 foi realizada a mesma licitação em pregão presencial, com a mesma empresa, com o valor de R$ 590 mil, para 12 meses. “Mas que sacanagem é esta, estes pombos são de ouro?”, pergunta o deputado.

Compras suspeitas

O governo de Carlos Moisés começa a deixar rastros de muitas coisas suspeitas. Aliado à compra dos 200 respiradores por uma empresa fantasma, no mínimo sem condições alguma de lastro para bancar a compra dos produtos,caso tivesse alguma problema , levanta muitos questionamentos. A CPI aberta na Alesc vai investigar todos os contratos fechados pelo governo Moisés nos últimos seis meses. Esperamos que mais nada de irregular ou suspeito apareça, para o bem do governador.

Nenhuma crítica

“Não quero e não vou fazer nenhuma crítica pontual a ele, porque não soma neste momento. Eu não vou dar conselho ao governador, mas se fosse eu, me mudaria para dentro da secretaria de Saúde. Nós estamos no mesmo barco e mesmo avião. Não dá para torcer para o avião cair, porque estamos dentro dele e quem está pilotando o avião é o atual governador.”

Ex-deputado Gelson Merisio, sobre o trabalho a ser realizado pelo governador Carlos Moisés no combate da pandemia do Covid19

Pedido de impeachment

O deputado Mauricio Eskudlark (PL), juntamente com a deputada Ana Campagnolo, protocolou o pedido de impeachment do governador Moisés, baseado nas irregularidades do hospital de campanha e no pagamento antecipado de R$ 33 milhões para a compra de 200 respiradores, superfaturados e ainda não entregues ao Estado.

Trabalho técnico

Conforme o deputado Eskudlark, foi realizado um trabalho técnico minucioso com advogados e autoridades, colhendo provas e declarações de servidores sobre a forma de contratação da empresa VeigaMed. Além disso, o deputado lembra que na ação popular impetrada pelo deputado Bruno Souza (NOVO), a juíza decretou busca e apreensão dos valores e bens da empresa. Do total de R$ 33 milhões, foram encontrados apenas R$ 483 mil nas contas da empresa. “Como deputado, nossa obrigação constitucional é de fiscalizar e de tomar providências em defesa da população”, afirma Eskudlark.

Começam as investigações

As investigações do Gaeco estão a todo vapor, ganha agora o reforço da CPI na Assembleia Legislativa, sobre a compra dos 200 respiradores da empresa fantasma do Rio de Janeiro, que custou ao governo a módica quantia de R$ 33 milhões. Mas não param por aí, as investigações que começaram em Santa Catarina, envolvem mais 10 estados. Este escândalo ganhou notoriedade e investigação nacional. Há indícios e suspeitas graves de superfaturamento e excessos de Norte a Sul do país. Até mesmo em tempos de pandemia os corruptos querem roubar o dinheiro público. Uma vergonha.

Cartão Sipag

Parceiros

Tatu parceiros
Piccoli Parceiros
Tiecher Banner

Publicidade

Vicini
Inviolavel
Momento FM