quarta, 26 de junho de 2019 - 01:22:02 PM
quarta, 26 de junho de 2019 - 01:22:02 PM
Lucio Jaques
Andrioli Projetos
PUBLICADA EM 13 de março de 2019 - 6:30 PM

Vereador de Xanxerê é o único no Brasil selecionado para curso na Espanha

Reana Seguros

O vereador Luiz Alberto Ceni (PSD) será o único político brasileiro a participar de um curso de capacitação desenvolvido pela escola de Alcobendas na Espanha.  O curso tem como objetivo, oferecer formação em matéria de gestão a agentes políticos e vereadores da América Latina. O curso será dividido em módulos, por temas como saúde, educação, segurança, desenvolvimento econômico e social. Todos os custos do curso, que vai de 1° a 6 de abril, serão pagos pelo município espanhol, sem nenhum custo para Xanxerê.  Pontos para o vereador.

Disputa no MDB

Parecia que as turbulências internas no MDB catarinense tinham terminado, com a aclamação do deputado Valdir Colbalchini, como presidente estadual do partido. Mas faltou falar com o deputado federal Celso Maldaner, que também colocou seu nome à disposição para disputar a vaga de presidente. “Serei o instrumento e aceitarei a responsabilidade com humildade, dinamismo e ciente da grande tarefa que temos pela frente, fortalecer o MDB e promover as renovações que a sociedade nos mostrou que são necessárias”, disse Maldaner. Isto vai gerar muita polêmica até as eleições, sem dúvidas.

Desafio do MDB

O desafio do novo presidente estadual do MDB vai muito além de uma cara nova ao partido. A eleição do ano que vem para prefeito e a manutenção das 100 administrações garantidas em 2016 estão na ordem do dia e do processo de escolha.

Emendas impositivas

O secretário da Casa Civil, Douglas Borba, visitará os gabinetes de todos os deputados estaduais. Além de uma visita de cortesia, vai explicar aos deputados como vai funcionar o cadastramento das emendas impositivas ao Orçamento. Cada parlamentar tem direito a destinar R$ 5,7 milhões em recursos, totalizando R$ 230 milhões anuais.

Apoio necessário

Muito mais do que uma boa notícia para os nobres deputados que terão suas emendas impositivas liberadas e, com isso, repassar aos municípios que estão com um pires na mão, o governador Moisés marca pontos junto aos deputados, podendo contar com a simpatia e apoio dos mesmos em casos de votação de projetos importantes e emergenciais. O famoso toma lá da cá. O mesmo que está acontecendo em Brasília, com o presidente Bolsonaro, que vai liberar mais deum bilhão em emendas para os deputados federais apoiarem a aprovação do projeto da reforma da previdência.

Leu a cartilha

O governador Carlos Moises (PSD) vem seguindo os passos do presidente Jair Bolsonaro em suas ações. Isto demonstra que Moisés leu e está cumprindo à risca a cartilha do presidente Bolsonaro, que é do seu partido, o PSL. Até mesmo a forma de governar, em muitos aspectos, é igual. Distante da imprensa, criando dificuldades na aproximação com deputados e até a sociedade. Um exemplo é no Oeste, onde quem representou o governo nestes três meses de governo foi a sua vice Daniela Reinehr. Mas ao mesmo tempo Moisés começa dar sinais que vai mudar a sua forma de interagir com a sociedade catarinense. A conferir.

Demissões de comissionados

O governador Carlos Moisés da Silva (PSL) em seu compromisso de campanha se comprometeu reduzir 922 cargos comissionados e funções gratificadas, a partir de sua reforma administrativa. A expectativa é que esse número possa se aproximar de mil. Desde 20 de fevereiro, ninguém está sendo nomeado em cargos comissionados ou funções gratificadas. Situação que poderá sofrer alteração, depois que o pacote desembarcar na Assembleia.

Bancada do Oeste

A Bancada do Oeste recebeu o secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, na manhã desta quarta-feira (13), na Assembleia Legislativa. A urgência de obras nos aeroportos de Chapecó, Correia Pinto e São Miguel do Oeste foram a pauta da conversa. Para Hassler, o encontro foi muito produtivo. “Recebemos várias sugestões dos parlamentares que vamos estudar. Também foi um momento importante para afirmar aos deputados que eles podem também nos ajudar com a criação de leis e destinação de recursos para obras.”

Ostentação do matador

O sargento reformado Ronnie Lessa, preso como suspeito do assassinato da vereadora Marielle Franco, está no radar de investigadores há muito tempo pela suspeita de integrar o “escritório do crime” e tráfico de armas. As principais provas giram em torno de bens, como casa em condomínio na Barra da Tijuca, no Rio, e estilo de vida, incluindo várias viagens ao exterior, incompatíveis com seus vencimentos de R$ 8,1 mil. Ele passou o carnaval deste ano em um iate, na região de Angra dos Reis.

Cartão Sipag

Parceiros

Tiecher Banner
Tatu parceiros
Piccoli Parceiros
Wilson Martins

Publicidade

Inviolavel
Fit Fish
Momento FM